Cogumelos capazes de descontaminar a água, o solo e salvar o nosso planeta


O Micologista Paul Stamets explica como Cogumelos podem ajudar a salvar o Mundo

Conforme a Terra enfrenta um perigoso prospecto da elevação contínua da temperatura, cientistas e líderes do governo estão enfatizando a importância da conservação da preciosa biodiversidade do nosso planeta. Assim, muitos estudos estão sendo conduzidos para encontrar caminhos efetivos para manter a sustentabilidade. Mas o que muitos podem não perceber é que estamos cercados por plantas que pode fornecer soluções prometedor: cogumelos. Por favor, junte-se conosco hoje a medida que Paul Stamets apresenta suas descobertas do notável parte vegetativo do fungo, micélio. Com seis livros da cultivação do cogumelo para o seu crédito, Sr. Stamets é o autor que vende mais livros e liderando peritos no campo de micologia e possui um número de patentes. Paul Stamets tem sido premiado com prêmios tais como Prêmio Bioneers 1998 do “The Collective Heritage Institute” e o Prêmio do Fundador de New Northwest do Departamento de Conselho e Associação do Recurso de Conservação da Borda Pacífica. A sua paixão pela natureza tem guiado ele a descobrir muitas surpreendentes aplicações do micélio, tais como proteção contra doenças de varíola. O mais importante de tudo, ele é um defensor incansável por este pequeno-conhecido componente do fungo, que detêm a possível chave para nossa sobrevivência como a espécie.

Paul também foi nomeado como um “50 Visionários que estão Mudando seu Mundo” dos Leitores Utne em novembro – dezembro de 2008.

Então o que é micélio, e por que é tão especial? Vamos descobrir através do renomeado micologista Paul Stamets.

Paul Stamets: Micélio é uma fina, rede fibrosa que está praticamente em toda massa de terra na Terra.  E todo mundo já  viu micélio; você pode sair agora e achar um tronco no chão e o virar de ponta cabeça e você verá esta branca, frisado, crescimento como rede. Aquilo é micélio.

O micélio cria o solo e fungos típicos são decompositores clássicos, eles são dissimuladores de grandes moléculas na natureza. Eles quebram a madeira e animal e outros materiais e eles criam o solo no processo.

Apesentador: A saúde do seu solo é crucial para a vida deste planeta.

Paul Stamets: A vida deste planeta depende do solo e a qualidade do solo e a medida que o solo aumenta na sua capacidade carregadora, ele aumenta o potencial de biodiversidade.

E estamos aqui agora porque somos um sucesso evolucionário. Estamos aqui por causa dos trilhões sob trilhões de experimentos por mais de centenas de milhões de anos que teve o sucesso através da seleção natural. Então nós deveríamos regozijar porque somos um sucesso evolucionário. Por quanto tempo um sucesso evolucionário é uma grande questão atual. E a regra da natureza é quando qualquer organismo exceda a capacidade de carregar seu ecossistema, então aquele organismo é colocado em extinção ou no caminho da extinção através das doenças. E então, o colapso do nosso ecossistema por causa da poluição, superpopulação, desertificação, desflorestamento, isto prejudica as muitas bases da ecologia do solo que nos dá a vida. Então nós estamos atirando nós mesmos no pé neste momento criando artificialmente redes de alimentos e transportando todo alimento do mundo inteiro e não investindo no nosso ecossistema local. E se nós não investirmos no nosso ecossistema do solo local, então nós ameaçamos nossa própria existência e a geração futura.

Apresentador: De fato, plantas, que são tão vitais para ajudar na redução dos gases prejudiciais do efeito estufa, todas fazem partes do fungi.

Paul Stamets:Bem, existem muitos incríveis descobertas nos últimos quatro ou cinco anos. 15 de abril de 2006 nas Notícias da Ciência existe um artigo intitulado de “Todas as plantas fazem parte fungi.” E quando eles fazem uma análise de DNA, eles descobrem um DNA fungi dentro das plantas. E através de dois eventos catastróficos que nós conhecemos, de acordo com o registro fóssil 250 milhões de anos atrás e 65 milhões de anos atrás, nós tivemos dois impactos de asteróides. E quando estes asteróides bateram na Terra, grande quantidade de ruínas forma lançados na atmosfera. Estava sufocada com pó, e a luz foi cortada. No registro fóssil, mais de 90% da espécie tornaram-se extintas. Porque os fungos não requerem a luz, este organismos que cruzaram com fungos sobreviveram. E através da seleção natural, através de pelo menos dois eventos catastróficos deste impactos dos asteróides, sabemos que organismos que cruzaram com fungos tem uma vantagem comparada com aqueles organismos que são dependentes a luz solar ou não cruzaram com estes redes fungais. Então todas as plantas que conhecemos, estão infundido com fungos. Então estes são enormes, comunidades complexas e estas comunidades são as bases da vida neste planeta.

Apresentador: Não apenas os micélios fornecem um portão de outras formas de vidas para seguir, mostra também aplicações promissora no futuro aos esforços científicos.

Paul Stamets: As outras coisas que tem sido notáveis, na Universidade Einstein neste último ano, pesquisadores observando nos vídeos de vasos de resfriamento que circundam o reator Chernobyl, eles ficaram chocados em ver todos estes bolores pretos crescendo dentro do reator e eles estava imaginando,“Como isto é possível?” porque houve mais de um milhão de rads para radioatividade. Agora um rad é cem joules por quilogramas, quase todas as formas de vida sob esta intensa radiação deveriam morrer. Mas estes fungos estavam crescendo prolificamente. Então eles fizeram estes analises, e eles descobriram que estes fungos produzem melanina, existem fungos que tem o mesmo componente da pigmentação que nós temos na nossa pele e quando somos expostos ao luz, nós escurecemos. Bem, estes fungos também produzem melanina, e parece que o fungo produtor de melanina pode utilizar a radiação em uma forma similar que a planta utiliza a luz solar. Então eles podem na verdade converter a radioatividade em uma atividade metabólico biológico e estas células podem crescer. Então este era até agora não conhecido, mas ela abre a possibilidade da vida de rede fungai vivendo em outras plantas mesmo se não existisse luz solar. Ela abre a possibilidade da viagem espacial dos humanos porque nós temos que crescer nosso alimento e alimento fungue são muito deliciosos e são muito nutritivos. Agora, em trono de seis meses com nossa tecnologia atual para chegar ao marte e se nós tivéssemos humanos indo ao marte, isto leva seis meses para chegar lá, um ano no planeta, seis meses para voltar. Nós temos que gerar alimento por dois anos.

Eles não podem carregar aquele alimento com eles, existe muito massa, então eles têm que cultivar seus alimentos. Então a idéia agora e cultivar alimentos fungue no espaço, usando radiação ambiental mesmo com reatores nos recipientes espaciais, capacita-nos a cultivar alimento e permitem-nos a alimentar humanos a medida que viagem no espaço. Então as implicações aqui são absolutamente enormes.

Apresentador: Quando Planeta Terra: Nosso Amado Lar retornar depois destas breves mensagens, Paul Stamets irá continuar a falar sobre as aplicações do micélio para melhorar nosso mundo. Por favor, continue ligado aqui na Superma Master Television.

Paul Stamets: A saúde do nosso ecossistema é essencial para a saúde das futuras gerações; nós precisamos proteger aquelas gerações futuras das atividades que estamos criando agora que ameaçam eles.

Apresentador: Bem-vindos de volta a Planeta Terra: Nosso Amado Lar aqui na Supreme Master Television. Hoje, 923 milhões de pessoas sofrem da falta de alimento, e padrões de climas instáveis estão afetando a produção agrícola de muitos fazendeiros ao redor do mundo. Renomeado micologista Paul Stamets explica como micélios oferecem formas para aliviar a fome mundial, não apenas como fonte de alimento através da melhoria do cultivo complementar para outras plantas.

Paul Stamets: O micélio cria o cogumelo, e o cogumelo converte em micélio. Então você pode na verdade comer micélio como fonte de alimento fungue. Cruzando fungos com plantas, fortifica o sistema imune das plantas, diminui a necessidade da água e insumos externos como fertilizantes, etc. Então quando você tiver o sistema de micélios enraizados com as plantas, eles crescem muito mais fortes sob condições adversas. E isto é algo que estamos vendo agora pelo mundo inteiro. Existe um ótimo fungo endófito, o fungo que cresce no interior da planta chama-se Curvularia, E Cruvularia, arroz e milho. Isto os fornece resistência a calor, e então eles podem ser resistentes a seca. Então como estes fungos agora, cultivando arroz e milho e outros gramíneas em climas áridas é muito mais possível. Então isto tem enormes implicações, especialmente para fazendeiros no Oriente Médio, e se eles cultivarem as plantas com estes fungos, eles precisam de muito menos água. E porque os fungos são uma esponja naquilo que absorve água, e com o crescimento do sistema da raiz, isso pode reverter a desertificação e expandir os ambientes de Oasis.

E então uma das minhas coisas que realmente quero fazer é estar envolvido na África e no Oriente Médio para encontrar estas interfaces ambientais onde os desertos estão avançando. E se você colocar uma banda de micélio, então você pode reduzir esta tendência e você pode então cultivar mais plantas e esverdear estas áreas. E você faz aquilo centenas, milhares, milhões de vezes, então nós podemos na verdade causar a mudança climática para melhor. E isso é algo que eu acho que estes fungos tem um grande uso.

Apresentador: No seu discurso intitulado “6 Formas de Cogumelos Pode Salvar o Mundo,” na conferencia anual de TEDTalks, Sr. Stamts falou sobre quantos micélios dos fungos tem a habilidade de limpar o solo poluído e criar uma rede para a restauração do habitat. Cogumelos podem também tratar doenças tais como varíola e resfriados, bem como fornecer nutrientes para florestas e todas as vidas consecutivos que a segue. Além disso, micélio pode ser usado para proteger plantas e tem a habilidade de fornecer combustível eco-amigável. Por todos os grandes benefícios, cogumelos são fáceis de ser cultivado.

Paul Stamets: Todos os jardineiros estão cultivando fungos de qualquer forma. Eles apenas podem não saber. Então mesmo o jardineiro puxando suas plantas estão vendo todas estas redes de fungos todo o tempo. Neste ponto quando as sementes germinam, eles imediatamente procuram a aliar-se com fungos imediatamente. Se não existem aqueles fungos aliados perto da semente, então as sementes irão morrer de fome, as plantas ficarão mais anêmicas, existiram mais doenças suscetíveis. Então por acrescentar estes esporos e cobrindo os esporos diretamente sob as sementes, a medida que germinam eles formam esta associação. E aquele manto de proteção fornece a semente uma maior probabilidade de ser capaz de competir com outros sementes que não possuem aqueles micorrizas ou fungos benéficos. E as sementes crescem mais rápido, mais frutas, mais resistências defensivas do hospedeiro contra doenças, etc. Então esta é a melhor forma para introduzi-lo na germinação da semente. Nós também podemos introduzi-lo na zona das raízes, com aquelas plantas que não tem os fungos micorrizais ainda. Nós realmente podemos mergulhá-los em um banho de fungos micorrizais e depois semeá-los.

Apresentador: Sr. Stamets também explicou que usando o micélio não é apenas efetivo mas também acessível e pode ser usado para ajudar todas as religiões do planeta.

Paul Stamets: Então nós cultivamos toneladas de micélios por semana na nossa facilidade. Nós temos centenas e centenas de espécies de fungos que nós temos coletados da natureza. E dependendo da circunstância, eles podem ser enviados para todas as regiões do mundo. Nós enfatizamos em ampliar as espécies nativas de um ecossistema saudável. O problema é com muitos ecossistemas é quando este tem sido enfraquecido ou ameaçado ou poluído, eles têm perdido muitas espécies nativas que uma vez estavam lá.

Então a fim de reparar aqueles ecossistemas, é melhor recolher aquelas espécies nativas e colocá-las de volta a jogada.

Apresentador: Obrigada, Paul Stamets, por tomado o seu tempo em apresentar os múltiplos benefícios de salvar o planeta através dos micélios. Através de esforços brilhantes e nobres tais a seus, certamente nós podemos superar as atuais crises globais e continuar a desfrutar a beleza e a biodiversidade irreversível do nosso planeta.

Apresentador: Foi um prazer tendo você para compartilhar-nos nesta edição do Planeta Terra: Nosso Amado Lar. Nosso show exibe-se a cada quarta-feira aqui na Supreme Master Television. Fique ligado no Entretenimento Iluminador, logo depois Notícias de Destaque. Que suas vidas sejam agraciados com muitos momentos auspiciosos.


2 Comentários

  1. Nilza Pereira

    Isso é realmente maravilhoso. Fiquei impressionada com a materia e muito feliz em saber que tem muitos amantes da natureza que se preocupam e fazem alguma coisa para o melhoramento do nosso hambiente. Gostaria de receber sempre informacoes sobre o assunto MEIO HAMBIENTE. Sou apaixonada pela natureza e fico muito triste da maneira Como a maioria dos seres humanos estao causando tanta destruicao ao nosso planets.

    Responder
    1. acadsaberuseradmin

      Olá Nilza gratidão por suas palavras, lhe informaremos sim sobre nossas novidades ok !
      Um grande abraço e seja sempre bem vinda !

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *